Missão

Educar para a vida

     Em uma sociedade que valoriza o individualismo como fator diferencial de sucesso, cabe à Instituição desmistificar tais conceitos como forma de tornar viável a missão, fazendo entender que a realização pessoal pode ser alcançada com respeito aos princípios de responsabilidade, justiça e solidariedade, valorizando assim o ser e não o ter.

O educador passionista tem o papel de promover a formação integral do educando, com a finalidade de desenvolver cidadãos críticos, cristãos, como forma de plena realização.

Neste sentido, a missão do Colégio Passionista é educar para a vida e felicidade no diálogo, na confiança e no amor incondicional para que as relações se dêem num clima de respeito mútuo, ajuda fraterna e justiça, integrando conhecimento e valores.

Assim, o educando, inserido no contexto social, será capaz de exercer sua individualidade e de promover a interdependência das pessoas e da sociedade, tornando-o sujeito de sua própria história.

Visão

Contribuir na formação de pessoas responsáveis, capazes de realizar escolhas livres
e conscientes, sendo competentes e solidárias.

     À escola como instituição social de educação, compete propiciar ao educando a habilidade de leitura e interação com o mundo, na busca de sua autonomia e realização pessoal, bem como de uma convivência saudável a partir de sua experiência específica de socialização. Uma escola libertadora que dê ênfase à cultura da solidariedade nas suas relações entre o conhecimento e a prática, deve identificar, incorporar e viver valores. As práticas e vivências no dia a dia das escolas e das comunidades são exercícios que nos colocam frente aos desafios do mundo. Nossas relações tornam-se verdadeiramente humanas, no plano sócio-ambiental, quando valorizamos a vida.

     Através da ação educativa, a escola pretende formar pessoas em harmonia pessoal, em equilíbrio com a sociedade onde estão inseridas, priorizando os valores humano-cristãos, a presença de Deus, a comunicação e a afetividade.

     Sendo assim, o papel da escola é preparar o indivíduo para a vida. O processo educativo deve preparar os educandos para uma reflexão e exercícios críticos da sociedade, não se tornando um ser individualista. A escola deve ao mesmo tempo educar e conscientizar à solidariedade. Devem-se buscar valores que visem tanto à aprendizagem quanto à formação integral do indivíduo. O papel do educador é fundamental na universalização de bens materiais e simbólicos, seu trabalho exige transcender a fronteira entre o acadêmico e o político.

Valores